F1: Bruno Senna faz testes aerodinâmicos para Lotus Renault GP

Brasileiro volta ao cockpit do R31 depois de três meses

Bruno Senna voltará ao cockpit do R31, o elogiado carro da Lotus Renault GP, três meses depois dos treinos de pré-temporada em Jerez de la Frontera. Nesta sexta-feira, o piloto reserva da equipe inglesa vai liderar os testes aerodinâmicos na pista do aeroporto de Duxford, localizado nas vizinhanças de Londres e dentro das dependências de um museu aeronáutico. Como determina o regulamento da Fórmula 1, Bruno vai acelerar apenas em linha reta e deverá completar distância em torno de 300 quilômetros, equivalente à duração de um grande prêmio.

De Mônaco, onde reside desde o ano passado, Bruno segue para a Inglaterra na quinta-feira animado com a chance de voltar a pilotar o carro que vem sendo conduzido nesta temporada pelo alemão Nick Heidfeld e pelo russo Vitaly Petrov. “Vamos validar na prática os dados fornecidos pelo túnel de vento. Não é uma coisa complicada de fazer, mas é um trabalho importante porque a aerodinâmica é uma área que pede evolução constante. Além disso, será bom para me manter em atividade, principalmente no carro atual”, comentou.

No final de semana, a Lotus Renault GP chegou à zona de pontos do GP da Turquia com a 7ª e 8ª colocações de Heidfeld e Petrov, respectivamente. Bruno acredita que a equipe – que ocupa a 4ª colocação no campeonato de construtores – tem potencial para repetir o desempenho das duas primeiras etapas, quando conquistou dois terceiros lugares. “Precisamos melhorar nos treinos classificatórios”, ressalvou. A próxima etapa da Fórmula 1 está marcada para dia 22 em Barcelona, na Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *