F1: Button responde a Briatore ‘Ele tentou me contratar em 2009’

Ainda irritado com aprovação dos difusores duplos, Flavio Briatore atacara na quinta-feira dizendo que não há credibilidade em um Mundial de Fórmula 1 cujo título é disputado entre os pilotos da Brawn GP. A resposta de Jenson Button não demorou um dia para ser desferida, revelando que o italiano tentou levá-lo à Renault ainda em 2009.

Definido por Briatore como um piloto que ‘estava mais parado que outra coisa’ antes se assegurar sua continuidade nas pistas, Button garantiu não levar muito a sério as declarações do italiano.

“A menos que ele esteja na frente, tenho certeza de que qualquer outro time (que vencesse) arruinaria a credibilidade da F-1”, disse o inglês, ironizando aquele que poderia ter sido o seu chefe. “Ele também precisa lembrar que tentou me empregar para este ano, então…”.

De acordo com a revelação do líder da temporada, portanto, Nelsinho Piquet teve mesmo o emprego na Renault ameaçado, visto que, caso fosse contratado, obviamente o inglês não tomaria o lugar do bicampeão mundial Fernando Alonso.

Seguindo nas críticas a Briatore, o piloto da Brawn GP garantiu que não é somente o polêmico difusor que faz a diferença em favor da equipe britânica. “É claro que ele está muito irritado por não ter produzido um carro que seja tão competitivo quanto o nosso. Fabricamos este carro por causa da nossa força de trabalho em Brackley, e não se pode tirar isso deles – os comentários de Flavio são muito injustos”, afirmou ele, que já liderou o primeiro dia de treinos livres para o Grande Prêmio da China.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *