F1: Para Massa, briga por título ficou ‘ainda mais comprometida’

Ainda zerada na temporada 2009 da Fórmula 1, a Ferrari resolveu inovar para o Grande Prêmio da China e assim descartou o uso do KERS (Sistema de Recuperação de Energia Cinética). Como continuou discreta nos primeiros treinos livres para a prova, a escuderia italiana admitiu que a atitude não rendeu frutos, sendo que o radical Felipe Massa acredita que uma reação rumo ao título mundial ficou ainda mais comprometida.

Já ciente da aprovação dos difusores de Brawn GP, Williams e Toyota, Massa chegou a Xangai cobrando uma reação rápida da Ferrari, ainda que admitisse que apenas isso não seria suficiente para recolocá-lo na briga pelo campeonato. Agora que foi apenas o 12º piloto mais rápido dos testes chineses, o brasileiro vê que o desafio em Maranello é cada vez maior, sendo que nem o descarte do KERS ajudou.

“Aqui estamos correndo sem o KERS e, como resultado, estamos perdendo ainda mais performance, enquanto não temos tanta força de aderência como os melhores carros. É claro que não é fácil achar o equilíbrio. Nós melhoramos um pouco o carro, mas então perdemos sem o KERS. Então estamos dando passos atrás”.

Se já falava na quinta-feira que apenas uma ‘besteira’ da Brawn poderia salvar a temporada da Ferrari, Massa acredita agora que talvez nem isso equilibraria o Mundial. “Nossa briga pelo campeonato está ainda mais comprometida. Tentamos forçar e trabalhar o mais duro possível no desenvolvimento do carro, mas sabemos que será muito difícil alcançar os outros”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *