F1: Categoria reduzirá emissão de carbono em 12% em até três anos

A Associação de Pilotos de Formula 1 (FOTA) se reuniu mais uma vez no último final de semana e realizou uma discussão visando a melhoria da imagem da categoria frente à imprensa mundial no que diz respeito ao seu caráter agressivo à natureza e a falta de sustentabilidade ainda apresentada nas provas, apesar dos grandes esforços para avançar nesse sentido.

Após o último final de semana, a organização recebeu um relatório de análise técnica da F-1, que confirmou a possibilidade de reduzir a emissão de carbono durante a competição em mais de 12% nos próximos três anos. A medida é bastante comemorada, e não é vinculada com a já programada mudança na temporada 2013, que atingirá pneus, combustível e motores dos carros.

Martin Whitmarsh, chefe da McLaren e diretor da FOTA, enalteceu o importante anúncio. “Agora será possível reduzir totalmente a emissão de carbono na F-1. Trabalharemos, nós e a FIA, para promover essa mudança até 2012 e poder implementar as mudanças técnicas em 2013”, projetou.

O comandante de Lewis Hamilton e Jenson Button não escondeu a alegria pela atual fase da F-1. “É um momento muito feliz para a categoria e estou muito feliz como o nosso esporte pode estar apto a mudar os rumos do ambiente global”, festejou o dirigente.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *