F1: Chefe da Red Bull não vê problemas na confiabilidade do carro

No GP da Austrália, ocorrido neste final de semana e vencido pelo inglês Jenson Button, da McLaren, a Red Bull teve mais uma vez a clara oportunidade de chegar em primeiro lugar ao final da corrida, mas a deixou escapar por entre os dedos. O alemão Sebastian Vettel liderou por boa parte da corrida, mas teve um problema e abandonou a prova no meio do percurso.

Foi a segunda vez seguida que isso aconteceu. Na abertura da temporada, na prova do Bahrein, Vettel também vinha liderando com sobras, mas ficou pelo caminho e viu dos boxes a vitória de Fernando Alonso e o segundo lugar de Felipe Massa. Se confirmado, o desempenho lhe renderia 50 pontos e a folgada liderança na tabela (que hoje tem Alonso com 37 pontos, Massa com 33 e Button com 31. Vettel é apenas o sétimo, com 12 pontos (a Formula 1 tem um novo sistema de pontuação a partir deste ano).

Mas, apesar dos problemas, o chefe da equipe inglesa, Christian Horner, não mostrou a menor preocupação com o resultado das duas primeiras corridas. “Não entrem em pânico, é uma longa temporada”, afirmou o dirigente, mostrando que está bastante confiante com o desempenho do carro nas próximas etapas do campeonato.

“Nós sabemos que temos um carro muito rápido e eu preferiria ter um carro rápido a um lento. Nós tivemos duas poles, deveríamos ter mais pontos, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Acho que Vettel tem total confiança no carro. Ele foi muito rápido no final de semana, mas infelizmente um problema de confiabilidade custou a sua vitória, mas ele estará muito forte na próxima semana”, prometeu Horner.

Fonte: Gazeta Espotiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *