F1: Chefe do GP da Austrália sofre cirurgia emergencial no cérebro

Em uma fase turbulenta da Formula 1 após a fraca corrida do Bahrein na abertura da temporada há duas semanas, mais uma notícia trouxe uma leve preocupação ao circo. O chefe da prova do GP da Austrália, Ron Walker, revelou ter sofrido uma cirurgia emergencial no cérebro na última semana.

Walker, de 71 anos, sofreu um acidente há algumas semanas, quando caiu de uma bicicleta no Jardim Botânico Real de Melbourne. A queda causou a fratura de algumas costelas, além de uma concussão leve, que parecia ter sido controlada. No entanto, na última semana uma nova lesão apareceu, prejudicando a coordenação motora do dirigente da prova.

“Eu não tive nenhuma dor de cabeça, mas o problema veio à tona no último sábado, quando estava indo no cinema com minha esposa e não consegui abotoar minha camisa. Meu cérebro estava sendo ignorado pelos meus membros. Eu não podia abotoar a camisa. E pior, não sabia como colocar a minha gravata”, contou  Walker.

Após exames, os médicos encontraram um fluido no cérebro do diretor do GP da Austrália, que precisou ser operado às pressas.

“Eles fizeram um buraco na minha cabeça e tiraram o líquido, e eu tenho que repousar por alguns dias. Estive a ponto de ficar apreensivo, isso pode causar várias complicações no cérebro e muitos não se recuperam disso”, completou o dirigente, sem revelar se irá trabalhar normalmente durante a prova deste final de semana.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *