F1: Com novo projeto, equipe da GP2 quer levar Bruno Senna à F-1

Uma das principais equipes da GP2, a iSport International é mais uma das interessadas em entrar na Fórmula 1 caso seja confirmado o teto orçamentário para o ano que vem. No projeto de Paul Jackson, chefe dos britânicos, consta o nome de Bruno Senna, que defendeu a equipe em 2008.

Assim como a Prodrive de David Richards, a iSport é um outro time que pode passar a integrar a elite do automobilismo mundial se a ideia da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) de restringir os gastos máximos em 2009 for aprovado. Atualmente, a entidade pretende que cada escuderia que fizer uma temporada com 30 milhões de libras tenha vantagens técnicas na comparação com as demais.

“As equipes existentes não estão estruturadas para operar com 30 milhões de libras (R$ 96 mi), portanto provavelmente seria melhor começar com uma folha em branco”, apontou Jackson ao site alemão Motorsports-Magazine. “Estamos acostumados a trabalhar com recursos demitidos e quero mostrar às pessoas que eles estão jogando dinheiro pela janela”.

Campeã da GP2 em 2007 com Timo Glock e vice em 2008 com Bruno Senna, a iSport ainda tem o objetivo de alinhar com o brasileiro na Fórmula 1. “Seria fantástico, porque estou convencido de que ele pertence à Fórmula 1”, afirmou o fundador da equipe, abrindo uma porta para o piloto que ficou perto de conseguir uma vaga na Brawn GP.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *