F1: Com tranqüilidade Massa vence no Bahrein

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, venceu neste domingo (06/04), o GP do Bahrein, em Sahkir, terceira etapa da temporada. O finlandês Kimi Raikkonen completou a dobradinha da equipe italiana, com o pole-position, o polonês Robert Kubica, da BMW Sauber, fechando o pódio.

Na largada Massa, saindo da segunda posição, foi para cima do pole-position Kubica, assumindo a ponta na primeira curva. O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, ficou parado no grid, saindo lentamente e caindo para a 10º posição. O alemão Sebastian Vettel, da Toro Rosso, parou o carro ao lado da pista, abandonando.


Na 2º volta, Hamilton tentando recuperar posições acertou a traseira do Renault do espanhol Fernando Alonso. Com o bico do carro destruído o inglês foi para os boxes, trocar a peça, retornando na 18º posição.


Raikonnen superou Kubica na 3º volta, com o alemão Nick Heidfeld, da BMW Sauber, indo para a 4º ao passar o finlandês Heikki Kovalainen, da McLaren.


Com quinze voltas disputadas Massa liderava com 4s5 de vantagem para Raikkonen, com Kubica em 3º, seguido por Heidfeld, Kovalainen, o italiano Jarno Trulli, da Toyota, o alemão Nico Rosberg, da Williams e o australiano Mark Webber, da Red Bull, fechando os oito primeiros.   


Na 18º volta o inglês Jenson Button, da Honda, levou uma fechada do escocês David Coulthard, da Red Bull, na disputa pela 9º posição. Button perdeu o bico do carro abandonou nos boxes.


Raikkonen fez o seu pit stop antes de Massa, na 20º volta, com o brasileiro parando na seguinte e voltando na liderança. Com trinta voltas disputadas a vantagem de Massa para Raikkonen era de 4 segundos.


Na 37º volta o brasileiro Nelsinho Piquet deu uma passeada fora da pista com a sua Renault. Três voltas depois Piquet abandonou com problemas na caixa de marchas.


Com a parada das Ferraris no pits, Raikkonen na 38º volta e Massa na 40º, Kubica assumiu a liderança até parar na 41º volta, deixando a ponta para seu companheiro Heidfeld, por quatro voltas. Feitas às paradas, Massa e Raikkonen voltaram a ponta da corrida.


Massa venceu com 3s339 de vantagem sobre Raikkonen, com Kubica em 3º. Heidfeld foi o 4º, seguido por Kovalainen,Trulli, Webber e Rosberg, em 8º. O brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, fez mais uma prova discreta, terminando em 11º lugar.


Depois de dois abandonos e muitas críticas recebidas, a vitória tranqüila no deserto barenita devolve a tranqüilidade a Massa para o restante da temporada.


Raikkonen lidera o campeonato com 19 pontos, com Heidfeld em 2º, somando 16 pontos. Hamilton, apenas 13º na prova, caiu para 3º com 14 pontos.


A BMW Sauber lidera entre os construtores com 30 pontos, seguida pela Ferrari com 29 e McLaren, que soma 28.


A próxima corrida está marcada para o dia 27 de abril, na Espanha.


Final:
 
1. Felipe Massa BRA Ferrari 57 voltas em 1h31m06.970
2. Kimi Raikkonen FIN Ferrari a 3.339
3. Robert Kubica POL BMW Sauber a 4.998
4. Nick Heidfeld ALE BMW Sauber a 8.409
5. Heikki Kovalainen FIN McLaren-Mercedes a 26.789
6. Jarno Trulli ITA Toyota a 41.314
7. Mark Webber AUS Red Bull-Renault a 45.473
8. Nico Rosberg ALE Williams-Toyota a 55.889
9. Timo Glock ALE Toyota a 1m09.500
10. Fernando Alonso ESP Renault a 1m17.181
11. Rubens Barrichello BRA Honda a 1m17.862
12. Giancarlo Fisichella ITA Force India-Ferrari a 1 volta
13. Lewis Hamilton GBR McLaren-Mercedes a 1 volta
14. Kazuki Nakajima JAP Williams-Toyota a 1 volta
15. Sebastien Bourdais FRA Toro Rosso-Ferrari a 1volta
16. Anthony Davidson GBR Super Aguri-Honda a 1 volta
17. Takuma Sato JAP Super Aguri-Honda a 1volta
18. David Coulthard GBR Red Bull-Renault a 1 volta
19. Adrian Sutil ALE Force India-Ferrari a 2 voltas


Abandonos:


Nelson Piquet BRA Renault 40  
Jenson Button GBR Honda 19
Sebastian Vettel ALE Toro Rosso-Ferrari 0  


Volta mais rápida:


Heikki Kovalainen FIN McLaren-Mercedes 49 1:33.193

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *