F1: Com três anos de contrato, Schumi diz que pode continuar na Fórmula 1 após 2013

Aos 41 anos, o alemão Michael Schumacher está prestes a reestrear na Fórmula 1, mas para ele isso é só o começo. O heptacampeão mundial tem contrato de três anos com a Mercedes GP, e não vê problemas em se manter inclusive depois de 2013.

Para o piloto, o contrato de longa duração oferecido pela nova escuderia é um sinal de confiança, e não precisa significar uma data definida para o fim de sua carreira.

“O melhor é que a Mercedes acredita em mim e que temos a chance de ter êxito juntos durante três anos. Mas, depois desses três anos, não tem por que terminar com tudo”, declarou o alemão nesta quarta em entrevista ao jornal Bild.

Schumacher disse ainda que refletiu muito antes de anunciar o retorno pela Mercedes, para ter certeza de que não se tratava de um impulso efêmero e que teria bases duradouras. Chegou à conclusão de que seu entusiasmo ainda é suficiente para vários anos.

O alemão chegou a anunciar seu retorno já no ano passado, mas apenas para substituir o acidentado Felipe Massa na Ferrari. O que acabou não acontecendo devido às dores no pescoço, que foram consequência de um acidente de moto sofrido por Schumacher.

Por sinal, o alemão admitiu que ainda tem fortes sentimentos pela Ferrari, equipe em que foi cinco vezes campeão mundial. “Tenho que tomar cuidado para não entrar nos boxes vermelhos quando for trocar pneus”, brincou Schumacher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *