F1: ‘Corríamos contra Alonso’, diz Ron Dennis

O inglês Lewis Hamilton teve a chance de confirmar por antecipação o título em Xangai, mas ficou parado na brita na entrada dos boxes para desespero de Dennis e adiou a decisão para o GP do Brasil, no dia 21 de outubro.

 


Alonso, que brigou com a McLaren, ficou em segundo e reduziu para apenas quatro pontos a vantagem do piloto inglês. Dennis defendeu a decisão de ter deixado Hamilton por mais tempo na pista, apesar de estar com os pneus em péssimas condições.


“Se demoramos tanto para trocar os pneus é porque não lutávamos contra Kimi Raikkonen e sim conra Alonso. Uma vitória de Kimi e um segundo lugar de Lewis (na China) teria sido um resultado perfeito”, disse Dennis.


Para ser campeão, Hamilton, com 107 pontos, precisa apenas de um segundo lugar independentemente dos resultados de Alonso (103) e de Raikkonen (100).


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *