F1: Crise na Fórmula 1 pode estar perto de solução

A despeito da tensão gerada pela exclusão da Williams da FOTA (Associação das Equipes de Fórmula 1), o impasse criado na categoria pode estar próximo do fim. Segundo a publicação alemã Auto Motor und Sport, equipes e Federação Internacional de Automobilismo (FIA) estão próximas de um acordo.

Presidente da FIA, Max Mosley teria aceitado em aumentar o teto orçamentário de 2010 dos atuais R$ 128 milhões para aproximadamente 283 milhões. Por sua vez, os times se comprometeriam a dar uma ajuda técnica às novas escuderias da categoria, incluindo o uso de um “carro cliente”.

Em 2011, o teto orçamentário voltaria ao limite inicialmente estabelecido, mas desta vez sem traumas, já que haveria um ano de transição. Outro problema, o da fiscalização dos gastos, seria resolvido com a contratação de auditores da empresa Deloitte, que supervisionariam os profissionais de cada equipe designados para esta função.

A imprensa europeia especula que, em Mônaco, este acordo só não foi fechado porque Ferrari e Toyota não concordaram com a existência de um limite orçamentário, qualquer que seja o valor dele.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *