F1: De Villota passa por cirurgia de emergência e perde olho direito

Um dia depois de sofrer um grave acidente durante testes da equipe de Fórmula 1 Marussia, Maria de Villota precisou passar por uma cirurgia de emergência, na qual acabou perdendo seu olho direito.

“Com o consentimento e apoio da família de Maria, informamos com grande tristeza que a piloto madrilenha, de 32 anos, perdeu o olho direito durante a intervenção cirúrgica a qual foi submetida. Estamos agradecidos pela atenção médica que Maria está recebendo e sua família deseja agradecer em especial à equipe de neurologia e cirurgia plástica”, disse John Booth, chefe da equipe de Fórmula 1.

Villota realizava um teste de aerodinâmica da equipe russa quando acabou se chocando com um caminhão que estava estacionado na pista do aeroporto de Duxford, na Inglaterra. A piloto foi encaminhada para um hospital em Cambridge, onde foi constatado que seu estado era grave. Horas depois, contudo, ela já estava consciente e conversando com familiares.

Na madrugada desta quarta-feira, a espanhola precisou passar por uma intervenção cirúrgica por conta de fraturas no crânio e lesões cerebrais, e acabou perdendo o olho direito. Agora, seu estado continua grave, porém estável.

“Os cuidados com Maria e o bem-estar de sua família seguem sendo nossa prioridade. Sua família está no hospital e estamos fazendo todo o possível para apoiá-la. Pedimos paciência e compreensão quanto às atualizações sobre o estado de saúde de Maria. Informaremos no momento apropriado e somente se tivermos aprovação da família”, continuou Booth.

Aos 32 anos, Maria de Villota é piloto de testes da Marussia desde o início do ano e realizava em Duxford sua primeira experiência com o carro da equipe russa.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *