F1: Diretor da Williams nega intenção de dividir as equipes

A Williams decidiu oficializar sua inscrição para a próxima edição do Mundial e foi suspensa provisoriamente da Associação das Equipes (Fota, sigla em inglês para Formula One Teams Association). Adam Parr, diretor executivo do time britânico, negou a intenção de provocar um racha na entidade.

“A Williams não está seguindo nenhum tipo de roteiro. Não estamos tentando dividir as equipes e tampouco dissuadi-las”, explicou o executivo em entrevista ao jornal Daily Telegraph. Surgiram rumores de que a amizade entre Parr e Max Mosley, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), influenciou a decisão do time britânico.

Em um comunicado oficial emitido na última quarta-feira, a Williams tentou justificar a decisão de se inscrever e descumprir o combinado na Fota. Como “equipe de competição”, o time está “legalmente obrigado” a participar da disputa até 2012 pelos acordos já firmados com as autoridades da Fórmula 1, alegaram os ingleses.

“Como equipe, temos uma filosofia, apesar de entenderemos que outras escuderias tenham outro ponto de vista e respeitamos. Acreditamos que existem grandes chances de resolver essa disputa e espero que todos os times que atualmente competem na Fórmula 1, com mais um ou dois novos, estejamos no grid em 2010”, encerrou Parr.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *