F1: Domenicali insiste que Ferrari não deu nenhuma ordem

Chefe da Ferrari, Stefano Domenicali assegurou que a troca de posição entre Felipe Massa e Fernando Alonso no GP da Alemanha foi iniciativa do próprio brasileiro. “Só demos a Massa as informações sobre a situação e como ele estava envolvido nela”, alegou o dirigente.

Nas entrelinhas, porém, ele admitiu que a equipe induziu a alteração. “Nós vimos no passado que certas situações podem não dar o melhor resultado para o time e foi essa informação que demos a eles, para que os dois pudessem entender e perceber o que é melhor para a equipe”, destacou.

Para muitos, o “Sorry” (“Desculpas”) dito pelo engenheiro de Massa, Rob Smedley após ele “informar” o piloto que “Alonso era mais rápido” é uma espécie de confissão da escuderia.

“Não foi uma desculpa. Ele deu as informações para Felipe e, em seguida, viu o que aconteceu e não estava feliz com a situação do carro, que era mais lento do que o outro”, justificou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *