F1: Ecclestone pretende substituir pontos por medalhas

Bernie Ecclestone, principal dirigente da Fórmula 1, afirmou nesta terça-feira que sua iniciativa de substituir o sistema de pontuação atual aos vencedores das disputas da Fórmula 1 por uma premiação com medalhas, como a realizada na Olimpíada, deve se tornar realidade em 2009.

O chefão da F-1 disse que tem grande vontade de premiar os pilotos que subirem ao pódio com medalhas de ouro, prata e bronze, em vez de somar dez, oito ou seis pontos, respectivamente.


Ecclestone, 78 anos, afirmou ao jornal inglês Times que medidas estão sendo tomadas para garatir a introdução desta iniciativa para a temporada de 2009 e que a novidade logo cairá no gosto dos pilotos.


“A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e todas as equipes torcem por isso e, portanto, será feito. Quando os pilotos chegarem a Melbourne, na Austrália, para a primeira corrida, vão querer deixar o circuito com uma medalha de ouro, não vão querer mais pontos”, assegurou.


Os pontos seriam acrescidos somente no caso das equipes, que somariam tentos para o Mundial de Construtores. Pilotos que não finalizarem a disputa nas três primeiras posições ficaram sem pontuar, no entanto, suas colocações durante a temporada determinarão o ranking no campeonato.


Para ele, as mudanças permitirão que situações como a ocorrida no Brasil, quando Lewis Hamilton poderia chegar até na quinta colocação e ainda assim levar o título, sejam excluídas da categoria.


Para concretizar sua iniciativa, Ecclestone precisa da ratificação do Conselho Mundial do Motor, em encontro que acontecerá em dezembro.


Fonte: Terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *