F1: Emissoras de TV são proibidas de trabalharem no pit-lane na F-1

Depois da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) fazer alterações no Regulamento Esportivo da Fórmula 1, a FOM, detentora dos direitos da categoria, anunciou, nesta quarta-feira, que as emissoras de televisão estão proibidas de ter cinegrafistas e repórteres trabalhando no pit-lane.

A medida tem como principal finalidade aumentar a segurança nas provas, tendo em vista o acidente que aconteceu com o cinegrafista Paul Allen, que foi atingido por um pneu que se soltou do carro de Mark Webber logo após a parada do veterano, no GP da Alemanha, no último final de semana.

Na terça-feira, a FIA havia divulgado as novas mudanças, que incluem a redução do limite de velocidade dentro dos boxes e uso obrigatório de capacetes para funcionários que trabalham diretamente com os carros. Todas as mudanças já passam a entrar em vigor a partir do GP da Hungria, no dia 28 de julho.

Apesar das alterações, a entidade ainda espera um relatório da Red Bull com uma análise da equipe sobre o ocorrido em Nurburgring. As outras escuderias também estarão envolvidas na investigação do incidente para tornarem as paradas mais seguras.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *