F1: Empresa acionará Fernandes caso use nome ‘Lotus’

Detentora dos direitos da marca proíbe dirigente de usar nome em 2011

A equipe Lotus Racing passa por uma momento complicado. A equipe de Tony Fernandes está sendo ameaçada com uma ação judicial pela Proton, empresa que detém os direitos sobre o nome “Lotus”.

Na última semana, a equipe malaia anunciou que mudaria o nome da escuderia para “Lotus Team” na próxima temporada. O anúncio fez a Proton se movimentar rapidamente para impedir que Fernandes possa usar o nome da marca e emitiu um comunicado informando que o Grupo Lotus é o dono de todos os direitos sobre o nome “Lotus” no setor automobilístico, o que incluiu a Fórmula 1.

– Ano passado, Tony Fernandes e a equipe Malaysia Racing conseguiram isso com uma licença da Grupo Lotus, que os permitiu utilizar a marca ‘Lotus Racing’ na atual temporada. Com o acordo, agora termina a licença da Malaysia para usar o mesmo nome na temporada 2011 e nas próximas, como resultado das infrações na licença da equipe, que denegriram a marca – disse o comunicado.

A Proton garantiu que o dirigente da equipe malaia não usará o nome da equipe histórica no ano que vem.

– Nem a equipe Malaysia Racing nem qualquer outra companhia associada ao senhor Fernandes tem autoridade de usar a marca ‘Lotus’ em 2011. Resistiremos a todas as suas tentativas de utilizar nossa marca sem permissão e vamos retirar nosso patrocínio da Lotus Racing – finalizou.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *