F1: Empresa dona da Lotus vende 35% das ações da equipe

Proprietária da Lotus, a Genii Capital vendeu 35% para a Infinity Racing, grupo formado por investidores dos Estados Unidos, Abu Dhabi e Brunei. O acordo encerra longa procura de parceiros de Gerard Lopez, que segue como presidente da equipe.

 


 


“Com os resultados da Lotus melhorando a cada ano, esperávamos pelo investidor ideal para nos ajudar a saltar ao topo do Mundial de Construtores”, afirma Eric Lux, que permanece como diretor-executivo no conselho da escuderia.


“Na Infinity Racing, encontramos um parceiro com as conexões ideais, além da experiência na parte técnica, tecnológica e financeira. Este alcance global em mercados maiores e com patrocinadores chave nos ajudarão a atingir esse objetivo”, exalta o dirigente. “Estamos ansiosos para começar a trabalhar com a Infinity Racing e temos certeza que continuaremos em um caminho vitorioso”, conclui.


Há dois meses, Lopez já havia admitido vender parte das ações da Lotus para tentar manter Kimi Raikkonen na equipe na próxima temporada. Ciente de que o experiente piloto procura escuderia que o deixe em condições de lutar pelo bicampeonato mundial, o Grupo Genii espera usar o dinheiro da venda para convencê-lo permanecer na escuderia. Além disso, a equipe terá que desembolsar uma quantia maior que a atual para contar com motor desenvolvido por outra escuderia, seguindo o novo regulamento da Fórmula 1.


Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *