F1: Equipe novata oficializa chegada de Di Grassi

Agora é oficial. Após anunciar que havia assinado contrato com uma das estreantes da Fórmula 1, Lucas di Grassi teve sua contratação anunciada nesta terça-feira. O brasileiro, que se juntará a Felipe Massa, Rubens Barrichello e Bruno Senna na categoria, correrá mesmo pela Virgin Racing, novo nome da Manor.

Conforme o previsto, a oficialização da chegada de Di Grassi à Fórmula 1 aconteceu em um evento organizado pela equipe em Londres. Nele, a parceria com o Virgin Group, fundo de investimentos gerido por Richard Branson e ex-patrocinador da Brawn GP, também foi ratificada.

Aos 25 anos, o paulista formará o maior rol brasileiro no começo de um Mundial desde 2001. Experiente, ele coleciona já quatro temporadas na GP2, sendo que ficou entre os três primeiros colocados nas três últimas, e 20 meses como piloto de testes da Renault.

“É um sonho tornando-se realidade para mim após dois anos de testes. Depois disso e da GP2, sinto-me pronto e confiante”, apontou. Pela escuderia francesa, aliás, o novo parceiro de Timo Glock participou dos treinos coletivos para jovens realizados no início de dezembro em Jerez de la Frontera.

Diretor esportivo do time britânico, John Booth é um velho conhecido de Di Grassi, o qual a Manor GP levou à terceira colocação da Fórmula 3 Europeia em 2003. Com 20 anos de experiência em automobilismo, o dirigente disse que os pilotos escolhidos são “perfeitos” para dar o passo rumo à categoria de elite. “Espero que todo esse período me tenha dado um bom olho para observar os nomes”, comentou Booth, cujos testadores serão os portugueses Alvaro Parente, oitavo colocado nos dois últimos campeonatos da GP2, e o também brasileiro Luiz Razia, 22º na edição mais recente da mesma competição.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *