TRV6: Cotado para a F-1, José María López é o Campeão de 2009

O argentino José María López (Mondeo), sagrou-se no domingo (13/12), Campeão da Top Race V6, segunda categoria mais importante da Argentina. Nos últimos dias o piloto, que também faturou o bi-campeonato da TC 2000, divulgou que tem um acordo verbal com a novata USF1, para a disputa da temporada 2010 da Fórmula-1.

Composta de quatorze etapas e dividida em Etapas de Verão, Outono, Inverno, Primavera (de três provas cada) e a Final (com duas provas e que define o campeão do ano) a temporada se encerrou no Autódromo “Ciudad de Paraná”, em Paraná, na Argentina.

Os cinco primeiros colocados de cada etapa classificatória, mais os ganhadores das provas que não estiveram entre os cinco primeiros, adquirem o direito de disputarem o título nas duas provas finais. Todos os pilotos entraram para a final sem pontos.

Devido ao temporal que atingiu o autódromo “Lotería Chaqueña-Yaco Guarnieri”, local da primeira prova da final, no dia 21 de outubro, a cidade de Paraná recebeu as duas provas decisivas do ano. Apenas as provas classificatórias foram disputadas em Resistência.

No sábado (12/12), López, que estreou neste ano na categoria, venceu de ponta a ponta a primeira prova do final de semana, abrindo dez pontos de vantagem sobre o segundo colocado na tabela de pontos, o argentino Juan Manuel Silva (Mondeo), 36 a 26. Com 26 pontos ainda em jogo, mais seis pilotos foram para as provas finais, no domingo, com chances de levar o título: os argentinos Omar Martínez (Mondeo), com 25 pontos, Mariano Altuna (Passat) e Norberto Fontana (Passat), ambos com 21, Matias Rossi (Mercedes), com 18, Juan Cruz Alvarez (Passat), e o bi-campeão, Emiliano Spataro (Passat), com 13.

Com a disputa das duas provas classificatórias no domingo, que tiveram como vencedores o argentino Gabriel Furlan (Mercedes), e Spataro, seis pilotos continuaram na disputa pela taça: López, com 39 pontos, Silva, com 30, Martínez, com 26, Fontana, com 22 e Altuna e Rossi, com 21.

Com o segundo lugar na última prova do ano, vencida por Spataro, López sagrou-se Campeão de Primavera com 57 pontos, dez a mais do que Silva (que terminou em 3º).
López, da Sportteam TRV6, venceu cinco provas no ano, marcando oito poles-positions.

Se o acordo de López com a USF1 se confirmar, ele será o primeiro argentino na F-1 desde que Gastón Mazzacane disputou quatro provas pela Prost Grand  Prix em 2001.

A temporada 2010 da Top Race V6 começa em Comodoro Rivadavia, no dia 13 de fevereiro.

Top Race Jr:

Na categoria de acesso o argentino Germán Giles (Vectra) sagrou-se campeão com 217 pontos, 67 a mais do que o compatriota Gustavo Micheloud (Mondeo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *