F1: Lotus confirma retorno com Trulli e Kovalainen

Depois de 16 anos, a Lotus voltará à Fórmula 1 sendo defendida por Jarno Trulli e Heikki Kovalainen. Confirmando as especulações, a equipe anunciou sua dupla de pilotos para a próxima temporada nesta segunda-feira, em uma conferência de imprensa realizada em Kuala Lumpur. Ambos assinaram contratos válidos até 2012.

Na prática, a nova Lotus tem pouca relação com aquela que teve em seus carros Ayrton Senna, Nigel Mansell e Nelson Piquet. Os direitos sobre a utilização do nome do time foram negociados com um grupo de empresários ligados ao governo da Malásia. A participação oficial é tanta que até o Ministro dos Esportes do país, Ahmad Shabery Cheek, esteve presente no evento desta segunda.

“Estou pessoalmente impressionado com a nossa dupla, que combina experiência, resistência e qualidade”, comemorou o político, “satisfeito” ainda com a atitude da escuderia de apoiar talentos locais. Nesse contexto, o testador oficial será o malaio Fairuz Fauzy, que competiu na Fórmula GP2 em 2005 e 2006.

Como titulares, os dois nomes são bem experimentados. Na contratação de Trulli, pesou bastante a presença na Lotus do diretor técnico Mike Gascoyne, com quem o italiano já havia trabalhado na Renault e na Toyota. “Dou-me bastante bem com ele e respeito seu estilo de trabalho”, comentou o veterano.

Kovalainen, por sua vez, tenta recuperar o protagonismo após passar duas temporadas como coadjuvante de Lewis Hamilton na McLaren. O finlandês garantiu que o desenvolvimento do trabalho na fábrica do time “impressiona”, o que aumenta as chances de os objetivos de seu chefe, Tony Fernandes, serem cumpridos. “Queremos ao menos ser os melhores dos novos”, projetou o dirigente, em referência às rivais USF1, Campos e Manor.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *