F1: Esperançoso por reação, Button exalta Mônaco: “Joia na coroa da F-1”

ampeão mundial da Fórmula 1 em 2009, Jenson Button tem vivido uma temporada complicada e ainda não pontuou neste ano. Após 16ª colocação no Grande Prêmio da Espanha, o britânico não vê cenário mais propício que o GP de Mônaco para iniciar uma sequência melhor em 2015. Para ele, o fator técnico da pista, a emoção e até o fato de correr perto de sua casa tornam a prova de Monte Carlo a mais especial da categoria.

“É verdade o que dizem: Mônaco é a joia na coroa do calendário da Fórmula 1 em todos os sentidos. É um verdadeiro teste do funcionamento harmônico entre homem e máquina para tentar fazer a melhor volta, e conseguir manter a consistência ao longo da prova. É fácil cometer erros lá, e você precisa confiar completamente no carro e ter total controle e precisão para tirar o melhor de cada volta. O treino classificatório é muito importante porque ultrapassar lá é reconhecidamente difícil. Nós estamos melhorando gradativamente nossas posições no grid desde o início da temporada, então estou esperançoso de que faremos ainda mais nesse sábado”, projetou o piloto da McLaren.

Jenson Button faz parte da seleta galeria de vencedores da prova, clube do qual nem o atual campeão mundial, Lewis Hamilton, faz parte. O atual 16º na classificação celebrou o fato de que a corrida de Monte Carlo exige mais do quesito técnico na condução do que necessariamente do próprio carro, com o qual sua relação ainda não se mostrou perfeita na temporada.

“Mônaco é um circuito de baixa velocidade onde não dependemos muito da performance aerodinâmica, mas você precisa de um bom equilíbrio e dirigibilidade. Estou esperançoso de que conseguiremos resolver os problemas de equilíbrio que tivemos com meu carro na última corrida, então devemos ter uma melhora nesse sentido”, avaliou Button, que fez questão de ressaltar seu carinho pela prova.

“Eu amo Mônaco. Venci lá em 2009, e a sensação que você tem pilotando lá é absolutamente fantástica. Já que nada supera a sensação de disputar um Grande Prêmio em sua terra natal, Mônaco se tornou uma espécie de ‘corrida da casa’ para mim, então correr por aquelas ruas famosas tão perto de onde vivo torna tudo ainda mais especial”, reforçou o britânico, que reside no principado.

As primeiras movimentações no circuito de Monte Carlo acontecem nesta quinta-feira, quando as equipes se instalam para os testes iniciais. Na sexta, os pilotos fazem treinos livres, e, no sábado, os classificatórios. As emoções da corrida acontecem no domingo (24).

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *