F1: Felipe Massa prefere não fazer previsões

Dono do quarto melhor tempo desta quinta-feira em Mônaco, o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, preferiu não fazer previsões quanto às possibilidades para a definição do grid de sábado e a corrida de domingo.

“Nossos rivais estão muito fortes aqui, mas não sabemos exatamente o que eles fizeram. Um está lá na frente e o outro atrás, o que pode significar que um está com mais, ou quase sem gasolina”, afirmou o piloto da Ferrari. No segundo treino desta sexta, Lewis Hamilton foi o melhor, enquanto Heikki Kovalainen ficou em quinto lugar.


Ele observa que as condições metereológicas podem mudar tudo o que foi visto nesta quinta. De acordo com o site weather.com, há 50% de chances de chuva no sábado e 60% no domingo. “Chuva aqui é meio complicado”, admitiu Massa, em referência às ruas estreitas do circuito, que ficarão ainda mais perigosas com a ausência do controle de tração em 2008.


“Temos que tentar fazer o melhor em qualquer tipo de situação em que tivermos de correr e classificar. Se chover sábado e domingo, o que fizemos hoje não vai valer nada. De qualquer forma, é sempre representativo você estar na frente”, reconheceu.


Terceiro colocado em Monte Carlo em 2007, Massa também acredita que a Ferrari melhorou com relação à etapa do ano passado. “Se formos comparar, acho que estamos um passo à frente. Mudamos algumas coisas no acerto e agora vamos ver os benefícios desta escolha”, comentou o piloto.


Massa também revelou que não está completamente adaptado aos pneus super macios, que fazem sua estréia na temporada em Monte Carlo. “Não consegui fazer boas voltas com os mais macios, mas as coisas melhoraram com os mais duros. Vamos estudar a situação calmamente e tentar ajustar os detalhes”, prometeu.


Fonte: Gazeta Press

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *