F1: Ferrari avisa: só fica na F-1 se FIA aceitar as mudanças

Através de seu chefe, Stefano Domenicali, a Ferrari mandou um recado claro para a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta quarta-feira: só irá inscrever-se no Mundial 2010 da Fórmula 1 caso a entidade mude o regulamento para a próxima temporada.

“A nossa posição não mudou”, comentou o dirigente. Nesta semana, a FIA propôs aos times que todos se inscrevessem incondicionalmente no campeonato – as alterações seriam discutidas depois, com a concordância dos 13 participantes, que serão revelados nesta sexta-feira.

A Ferrari, assim como os oito times descontentes com o teto orçamentário de R$ 128 milhões (Renault, Toyota, Red Bull, Toro Rosso, BMW Sauber, Brawn GP e McLaren), já se inscreveram no campeonato, mas só vão confirmar participação se for feito um novo Pacto da Concórdia (acordo que estabelece direitos e obrigações de cada parte na Fórmula 1). Ou seja, o limite de gastos terá que ter, no mínimo, seu valor aumentado.

“Depois disso, apresentamos para a FIA uma série de propostas, as quais, entre outros elementos, incluíam a redução de custos”, destacou Domenicali. “Como sempre, queremos achar uma boa solução para todos, mas, se não for possível, a FIA não contará com a Ferrari em 2010”, afirmou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *