F1: Ferrari desiste de desenvolver duto frontal

Para Domenicali, equipe gastou tempo desnecessário com sistema e esqueceu outras partes do F10.

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, revelou que a equie desperdiçou muito tempo e recursos financeiros tentando desenvolver o duto frontal, criado pela McLaren.

O dirigente afirmou que a partir do próximo Grande Prêmio, em Valência, voltará os esforços para o desenvolvimento das demais peças do carro.

– Com certeza existe a necessidade de uma evolução mais agressiva. Ficou claro que concentramos muito esforço na asa traseira, não dando atenção às outras áreas do carro – afirmou.

Domenicali avaliou que a Ferrari poderia ter feito melhor em Montreal, onde Alonso brigou com Lewis Hamilton e Jenson Button, ambos da McLaren, mas não conseguiu ultrapassá-los.

– Poderíamos ter feito muito, muito mais em termos de resultado. A performance que tivemos foi realmente boa, honestamente, e o carro estava exatamente igual ao da Turquia, onde estávamos nove posições atrás – explicou.

Da mesma forma que Martin Whitmarsh e Christian Horner, chefes da McLaren e Red Bull, respectivamente, o dirigente da Ferrari destacou que o campeonato ainda está longe de se definir.

– Voltando ao campeonato, ainda está muito, muito aberto. Fiz um cálculo que se tivéssemos ganho a corrida seríamos líder com o Fernando. Isso significa que está realmente aberto e que é a motivação que devemos ter. Canadá nos deu uma imagem totalmente diferente daquela que tínhamos duas semanas atrás – concluiu.

A Ferrari é a terceira colocada no Mundial de Construtores, atrás da Red Bull e da McLaren, que lidera.    

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *