F1: Ferrari vai usar KERS na temporada 2011

Banido desta temporada por um acordo entre as equipes, o KERS voltará à cena na próxima temporada ao menos em uma equipe de ponta: a Ferrari. Chefe do time, Stefano Domenicali confirmou após o GP do Canadá que o time usará o revolucionário sistema no próximo ano.

De acordo com ele, durante a reunião das equipes neste fim de semana, alguns dirigentes propuseram a aprovação de KERS muito mais potente. “Mas, infelizmente, não se chegou a um acordo”, comentou o responsável pela equipe de Felipe Massa e Fernando Alonso.

O KERS é um sistema que reaproveita a energia desperdiçada nas freadas para dar mais potência ao motor através do acionamento de um botão por parte do piloto. Por conta do equipamento, o peso máximo dos carros deve aumentar de 620 para 640kg. “Nisso, as equipes estão de acordo”, comentou Domenicali.

Chefe da Mercedes, Ross Brawn, comentou que o time ainda não se decidiu quanto ao uso do KERS no próximo ano – em 2009, ele levou a Brawn GP ao título de Pilotos e Construtores sem o sistema. “Tomaremos uma decisão entre quatro e seis semanas”, afirmou.

Ao avaliar a evolução da Ferrari ao longo da temporada 2010, Domenicali admitiu que o time perdeu muito tempo para desenvolver o duto frontal e acabou deixando os adversários escaparem na tabela. “Concentramos muita força aí e não nos focamos em outras áreas”, lamentou.

Segundo o dirigente, uma nova postura de trabalho já está sendo adotada. “Para Valência, o foco será em outras partes do carro porque o duto frontal é um sistema muito complicado que tirou uma série de recursos de outros projetos”, avaliou, antes de falar sobre o resultado deste fim de semana, no Canadá. “O melhor é que voltamos a brigar pelos primeiros lugares”, destacou.

Em Montreal, Fernando Alonso foi o terceiro colocado, enquanto Felipe Massa terminou em 15º – o brasileiro, porém, teve sua prova complicada por dois toques: um com Vitantonio Liuzzi na largada e outro com Michael Schumacher no fim da etapa.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *