F1: FIA anuncia acordo que encerra disputa na Fórmula 1

A acirrada briga entre as equipes e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) teve um capítulo importante neste sábado. A entidade anunciou que o presidente Max Mosley assinou o chamado Pacto de Concórdia, documento que deve encerrar a disputa que dominou a Fórmula 1 ao longo da temporada.

“Após a aprovação do Conselho Mundial, na noite passada o presidente da FIA, Max Mosley, assinou o Pacto de Concórdia de 2009, anunciando um novo período de estabilidade do Campeonato Mundial de Fórmula 1”, diz um comunicado emitido pela entidade.

O documento é um acordo entre as três partes envolvidas na principal categoria do automobilismo: a FIA, Bernie Ecclestone (proprietário dos direitos comerciais) e as equipes. Basicamente, o pacto estabelece os parâmetros para a próxima temporada e dita as regras para repartir o lucro obtido com o Mundial.

O Conselho Mundial de Esportes a Motor aprovou a variação de diversos aspectos técnicos para o campeonato de 2010 e adiou o teto orçamentário idealizado por Mosley e que provou a revolta das equipes, a ponta de o Mundial da próxima temporada ficar seriamente ameaçado.

O Pacto de Concórdia assinado por Mosley vale até o dia 31 de dezembro de 2012. A edição anterior do acordo foi firmada em 1998. A nota emitida pela FIA garante que as equipes assumiram o compromisso de reduzir os custos e tentar voltar ao nível de gastos do começo da década de 1990.

“Com o Pacto de Concórdia de 2009 e o acordo de diminuição de gastos, a FIA espera um período de estabilidade e prosperidade no Campeonato Mundial de Fórmula 1”, diz nota emitida pela entidade presidida por Max Mosley, que vive seus últimos meses no cargo.

A BMW anunciou que pretende deixar a Fórmula 1 no final desta temporada. De acordo com o site da revista Autosport, a equipe tem até a próxima quarta-feira para assinar o Pacto de Concórdia caso resolva permanecer na categoria na próxima temporada.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *