F1: FIA confirma mudança em regra da superpole

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou a mudança nas regras da última parte dos treinos oficiais de modo a evitar a repetição dos problemas que ocorreram no GP da Malásia, onde houve certos problemas de tráfego.

A medida foi tomada após Heikki Kovalainen e Lewis Hamilton terem sido punidos por andarem a uma baixa velocidade e, com isso, atrapalharem o desempenho de Nick Heidfeld e Fernando Alonso durante a superpole.


De acordo com a nova exigência, os pilotos terão um tempo mínimo para realizar sua volta rápida e voltar para os boxes.


“Para evitar a possibilidade de qualquer incidente causado pela diferença de velocidade entre os carros durante a superpole, qualquer piloto que esteja desnecessariamente lento durante estas voltas, de modo a atrapalhar os demais competidores, será reportado aos fiscais”, disse a FIA através de um comunicado.


“Ao deixar as garagens, os carros serão cronometrados entra a linha 2 (50m antes da curva 1) e a linha 1 (após a curva 15). Qualquer carro que exceda o tempo de 1min39s entre estes dois pontos será punido por pilotar desnecessariamente lento” finalizou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *