F1: FIA dá fim a caso de espionagem

A Federação Internacional de Automobilismo anunciou oficialmente, nesta terça-feira, o fim do caso de espionagem envolvendo a McLaren e a Ferrari, ocorrido durante a temporada 2007 da Fórmula 1. A entidade cancelou a reunião marcada para fevereiro do ano que vem, quando seria avaliado se a escuderia inglesa usou ou não algum dado importante da rival italiana.

A decisão da FIA teria sido motivada pelo pedido de desculpas da McLaren à Ferrari, ocorrido no último dia 13. Em um comunicado oficial, a equipe inglesa admitiu que informações protegidas da rival estavam mais “disseminadas” dentro da equipe do que foi anteriormente analisado e se desculpou com italianos, FIA e fãs da categoria automobilística.


No mesmo dia, a Ferrari aceitou as desculpas divulgadas pela McLaren e deu por encerrado o caso, inclusive apoiando o cancelamento da reunião de fevereiro. Quem também adotou tal postura foi o presidente da própria FIA, Max Mosley, que pediu ao Conselho Mundial o veto à audiência, em Paris, “pelo interesse do esporte”.


Com a decisão da FIA, a McLaren fica livre para se planejar para a próxima temporada, sem a ameaça de punição por parte da entidade que controla o automobilismo mundial. A Ferrari, porém, já avisou anteriormente que, na Itália e na Inglaterra, prosseguem as investigações judiciais sobre o caso.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *