F1: Futebol dos pilotos faz a alegria das crianças no estádio do Morumbi

Evento promovido pela V10 Treinamento Esportivo distribuiu presentes para mais de cem meninos e meninas com distrofia muscular e contou com a presença de Felipe Massa

O estádio Cícero Pompeu de Toledo, no Morumbi, já foi palco de grande finais do futebol e shows de bandas musicais, entre outras atrações, mas nesta semana recebeu um evento bem diferente: partidas de futebol entre pilotos como Felipe Massa, Jules Bianchi, Luiz Razia, Thiago Camilo, Max Wilson, Popó Bueno, Ricardo Maurício, Átila Abreu, Daniel Serra e Allam Khodair. Eles fizeram a alegria de mais de cem crianças com distrofia muscular, que receberam presentes dos pilotos e se divertiram com os jogos.

Divididos em três times, os pilotos jogaram no sistema todos contra todos e o título ficou com o time branco, exatamente o de Felipe Massa. O segundo lugar ficou com o time preto, de Thiago Camilo e Max Wilson.Em terceiro, terminou o laranja, de Luiz Razia. Capitão do time, o “craque” Felipe Massa ressaltou a importância deste encontro entre os ídolos e as crianças. “É sempre legal, bater bola no Morumbi com todos estes pilotos e amigos… Foi feio de ver pela nossa falta de qualidade com a bola nos pés, mas é divertido”, brincou o piloto da Ferrari.

“O mais importante é entregar todos estes presentes para as crianças, que é o mínimo que podemos fazer. Ajudar quem precisa. É muito legal estar aqui ao lado dos pilotos e do Vanderlei (Pereira, preparador físico de Felipe Massa) que organizou tudo”, conclui Felipe Massa. Max Wilson, campeão da Stock Car em 2010, concorda com o piloto da Fórmula 1. “O futebol é o de menos, o mais importante é participar desta iniciativa do Vanderlei, que conseguiu encaixar as datas para que os pilotos pudessem divertir a criançada”.

“Futebol não é a minha praia, mas é muito divertido estar aqui”, diz Max Wilson. Piloto do Team Lotus na Fórmula 1, Luiz Razia destacou o fato de ter jogado pela primeira vez em um estádio de futebol. “Para dizer a verdade, é a primeira vez que participo deste evento e jogo em um estádio de verdade. Reencontrar velhos amigos foi muito legal, estou feliz. Além de estar junto com os amigos neste encontro com as crianças”, revelou Luiz Razia.

Sem ter jogado devido a uma gripe, o comentarista da Rede Globo, Caio Ribeiro, fez questão de prestigiar o evento. “Eu acho uma iniciativa muito legal, pelo fato de promover o encontro das crianças com os ídolos. Depois, pela parte da confraternização, de fugir do dia a dia e de reencontrar todos. O pessoal da Stock Car que não para em São Paulo, da Fórmula 1 que viaja o mundo inteiro, então é bem gostoso vir e participar deste evento”, ressaltou o ex-jogador.

Responsável por levar as crianças ao estádio, Ricardo Rangel, do Instituto Paulo Kobayashi, explica como foram escolhidas as participantes deste evento. “Na realidade, são instituições com as quais já trabalhamos há seis anos. Fazemos diversas ações, mas foi a primeira vez que participamos desta. Trouxemos estas crianças da ABDIM, com distrofia muscular, e este tipo de evento é uma delícia para eles, encontrando os ídolos e pessoas do bem”, disse o conselheiro do Instituto Paulo Kobayashi.

Idealizador do projeto, Vanderlei Pereira, da V10 Treinamento Esportivo, fez questão de agradecer a todos pela participação. “Esta é a 15ª edição e tivemos um evento bem bacana. Os jogos foram divertidos e deu tudo certo. Todos puderem se encontrar e se divertir, além do foco principal na interação com as crianças. O estádio do Morumbi é um lugar especial em São Paulo, cedido gentilmente pelo São Paulo Futebol Clube, e agradeço a todos por isso”, encerra Vanderlei Pereira, que coordena a V10 Treinamento Esportivo em parceria com Mariangela Goerk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *