F1: Giedo van der Garde processa a equipe Force India

O ex-piloto de testes de Fórmula 1 Giedo van der Garde apresentou uma ação legal contra a equipe Force India. O holandês, de 23 anos, estava empregado no ano passado pela escuderia Spyker, que foi vendida e se transformou no atual time indiano.

No entanto, há um conflito contratual, porque o vínculo do piloto com a Spyker assegurava a participação dele em diversos de testes, mas, como pouco trabalhou em treinos, a quilometragem dele foi limitada.

Segundo a publicação Formule 1 Race Report, Van der Garde, que agora compete na World Series by Renault, exige receber de volta o dinheiro que trouxe em forma de patrocínios para a escuderia, porque ele não fez tantos ensaios como lhe foi prometido.

De acordo com a revista, o holandês quer dois dos três milhões de dólares que seus patrocinadores pagavam para a Spyker. Nesta semana, ele inclusive já abriu o processo na corte de Breda, uma cidade do sudeste da Holanda.

Van der Garde afirma que o pagamento de US$ 3 milhões a Spyker garantia a ele 6000 quilomêtros em teste, porém ele só completou 2000 km. A justiça irá analisar o caso em 20 de junho.

Fonte: Amigos da Velocidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *