F1: Gil de Ferran deixa a Honda

A Honda anunciou nesta segunda-feira (16/07), que o brasileiro Gil de Ferran não é mais diretor-esportivo da equipe. O comunicado, enviado a imprensa, disse que o ex-piloto deixou a equipe “para buscar outras oportunidades”.

Gil chegou à equipe no início de 2005, sendo chamado devido ao seu ótimo relacionamento com a montadora japonesa, em sua época de piloto nos EUA.

A equipe estava no buraco, como hoje, com de Ferran conseguindo levar o time a ter ótimos resultados, como a vitória do inglês Jenson Button em Hungaroring, no ano passado. Mas o péssimo RA107, o carro ecológico, encerrou o ciclo do brasileiro na F-1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *