F1: GP da China pode ser extinto após 2010

Os responsáveis pela realização do Grande Prêmio da China afirmaram nesta sexta-feira que precisam analisar a possibilidade de estender o contrato para a realização da prova no circuito de Xangai além do ano de 2010, quando o acordo termina. Segundo eles, muitos aspectos devem ser considerados, principalmente o custo da disputa em terras chinesas.

A competição na China teve início no ano de 2004, porém, devido aos altos custos para a realização do evento, a possibilidade do patrocinador não renovar seu contrato para o próximo ano e ao baixo público atraído recentemente, há dúvidas quanto à realização no futuro.


Segundo um representante do circuito, existe a chance de a corrida ser extinta após o término do contrato. Qiu Weichang, diretor de administração dos esportes em Xangai, afirmou que ainda não tem uma posição definida.


“Estamos vendo as possibilidades. No próximo ano estaremos prontos para dar uma resposta”, afirmou ao site da revista inglesa Autosport.


“Pretendemos criar uma situação em que todos ganhem, do nosso lado e do lado de Bernie Ecclestone (principal dirigente da F-1). Se houver algo que possamos fazer para haver cooperação entre as duas partes, vamos fazer”, completou.


Futuros custos na disputa em Xangai podem ser aumentados se Ecclestone fizer pressão nos organizadores do evento para que a corrida seja disputada à noite, como em Cingapura. Para Qiu, este tipo de mudança não se adaptaria ao traçado chinês.


“Em Cingapura deu certo porque atraíram muitos fãs para um país pequeno. No nosso caso vamos decidir, baseados em nossa situação, se atrairemos mais turistas à noite do que durante o dia”, finalizou.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *