F1: Hamilton acusa Red Bull de usar carro ilegal

Inglês diz que vantagem da equipe no campeonato foi construída com um carro que estava fora das regras

Lewis Hamilton acusou a Red Bull de ter utilizado um carro ilegal durante toda a temporada e, por isso, lidera o campeonato com uma vantagem considerável.

O inglês apontou que após a reclamação da McLaren à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e o consequente aumento do rigor nos testes de flexibilidade, a superioridade da equipe austríaca diminuiu.

– Na Hungria eles estavam dois segundos à frente de todos os outros carros. É simplesmente impossível ter uma vantagem como aquela na Fórmula 1. Sempre estivemos dentro das regras. Nossa equipe começou a se perguntar se o carro deles era ilegal e levamos a questão à FIA. Depois disso, a Red Bull reconstruiu o carro e diminuiu o ritmo. Foi uma boa decisão da FIA – disse Hamilton em entrevista ao jornal alemão “Bild”.

O campeão de 2008 afirmou que já deixou os erros em Cingapura e em Monza para trás e agora foca nas próximas etapas.

– É normal que os jogos mentais comecem no fim da temporada. Sou forte o bastante e estou pronto para isso. Não estou preocupado, mas acho melhor falar na pista. Depois de Cingapura, voltei à minha casa em Zurique por um dia. Acordei de manhã e fui correr na floresta com rap nos meus fones de ouvido. Então, estou de volta – compeltou.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *