F1: Malásia reivindica ‘horário adequado’ para corrida de 2010

Após a estranha corrida do último domingo, os organizadores do Grande Prêmio da Malásia estão dispostos a atrapalhar os interesses de Bernie Ecclestone. O homem-forte da Fórmula 1 resolveu atrasar o início da prova em duas horas para facilitar a transmissão televisa na Europa, mas os asiáticos já avisaram que querem um ‘horário normal’ para a etapa de Sepang.

A largada do GP malaio de 2009 foi dada às 17 horas locais – e não às 15, como acontece geralmente nas provas de F-1 ao redor do planeta, porque Ecclestone cedeu aos interesses dos canais de TV da Europa. Mas a ideia se tornou um fracasso: um temporal desabou sobre Sepang depois de apenas 32 voltas disputadas e a prova foi encerrada pela metade.

“Nós definitivamente queremos um horário mais adequado para a nossa corrida”, reclamou Razlan Razali, diretor-executivo do Circuito Internacional de Sepang, em entrevista ao jornal malaio The Star. “Não foram apenas os torcedores que ficaram insatisfeitos com a corrida curta. Acho que todos envolvidos na Fórmula 1 perderam dinheiro também”, ponderou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *