F1: Massa aprova volta do ‘pirulito’ na Ferrari

Após as trapalhadas da Ferrari no Grande Prêmio de Cingapura, quando a escuderia errou no abastecimento do carro de Felipe Massa depois de uma falha do sistema eletrônico que avisa o piloto que o pit stop está concluído, o brasileiro defende a volta do aviso manual, por meio do “pirulito”.

“Eu acho que é a decisão certa. Então, nós tivemos um problema na última corrida e para ser honesto, a grande diferença de ter o ‘pirulito’ é se houver algum problema, ou algum engano, aí o cara com o ‘pirulito’ pode movê-lo e fazer um grande desvio com sua cabeça, e aí você breca”, disse Massa.


Apesar de defender o uso manual, o piloto brasileiro reconhece a rapidez do uso eletrônico.


“Em termos de desempenho, o sistema eletrônico é mais rápido. Nós estamos sempre tentando ter o desempenho mais rápido em todos as áreas, mas infelizmente se você tem um problema, isto não ajuda. Esta é a única razão pelo qual voltaremos ao ‘pirulito'”, afirmou Massa.


A escuderia italiana aproveitou esta quinta-feira para treinar pit stop no Japão, local do próximo Grande Prêmio da temporada, neste final de semana no circuito de Fuji.


Massa afirmou que continua otimista com relação ao título do Mundial de Pilotos. O brasileiro tem 77 pontos contra 84 do inglês.


“Nós estamos sete ponto atrás, nós ainda temos uma chance e com certeza é um pouco menos do que deveríamos ter, mas nós ainda temos muita chance. Isto é a coisa mais importante”, declarou.


Com o erro da Ferrari em Cingapura, Massa, que liderava a corrida, perdeu uma chance preciosa de assumir a ponta do campeonato, mas ele não culpa a equipe pelo infortúnio.


“Se vencemos ou perdemos, nós vencemos como um time e nós perdemos como um time. Eu não sou o tipo de cara que volta atrás e diz que foi culpa de alguém ou de outras pessoas. Nós somos um time e é isto que importa”, concluiu.


Fonte:  Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *