F1: Massa discorda de penalidade: “Realmente não é compreensível”

Mais uma vez na temporada 2011 da F-1, Felipe Massa e Lewis Hamilton se envolveram em um incidente. Desta vez, no GP da Índia, neste domingo, o McLaren do inglês tocou a Ferrari do brasileiro em uma curva, durante uma tentativa de ultrapassagem.

Punido, Massa cravou depois da prova que não concordou com a medida dos comissários. Ele acabou abandonando a corrida logo depois, ao passar pela zebra irregular e quebrar a suspensão de seu carro.

“Minha visão era que eu estava na frente, freei depois dele, estava na área de mais aderência também e comecei a fazer a curva. Então eu não o vi do lado esquerdo, pois ele estava atrás”, explicou. “Ele tocou minha roda de trás. Então, para ser honesto, eu não entendo porque levei a penalidade. Realmente não é compreensível”

Hamilton, por sua vez, ressaltou que quem não deu espaço para a ultrapassagem foi o brasileiro. Mesmo assim, o piloto da Ferrari não mudou sua posição e garantiu que não cometeu erro algum no circuito de Buddh.

“Em todos os incidentes foi ele que tocou o meu carro. Então, eu não fiz nada de errado. Se é Lewis ou não é Lewis, qualquer que fosse o piloto, eu iria fazer o mesmo. Sei que ele estava do meu lado, mas quando eu freei, isso é o importante, não quando você está na reta, quando eu brequei, ele não estava do meu lado”, acrescentou.

“Então, eu virei porque brequei depois dele. Eu não consigo entender. Porque eu supostamente deveria ter deixado ele passar, não? Freei depois. Ele estava do lado sujo da pista. E aí ele virou e me tocou por trás. Ele não me tocou de lado ou roda com roda. Se fosse roda com roda, eu não tentaria fechar a porta”, concluiu.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *