F1: Massa diz que “linha de gelo” tirou chance de pódio no GP da Hungria

O final de semana se mostrava favorável a Felipe Massa até o início da prova, no GP da Hungria. O brasileiro, que saía em quarto – pela primeira vez no ano à frente do colega de Ferrari, Fernando Alonso -, largou mal e, mais tarde, comprometeu sua corrida ao rodar e levar o carro à grama.

“Entrei na curva e acabei encostando na linha branca, que parece que é de gelo. Você encosta nela, o carro perde a direção completamente. Foi o que aconteceu comigo. Meu companheiro saiu no mesmo lugar três voltas antes. Foi o que me tirou a chance de lutar pelo pódio”, disse o piloto da Ferrari, em entrevista à Rádio Band News FM.

Tendo cruzado a linha de chegada na sexta posição, Massa acredita que seria possível ter pontuado mais se não estivesse ficado atrás de alguns carros mais lentos do que o seu.

“Olhando o ritmo do carro com pneu de pista seca, olhando o tempo que perdi atrás de todos esses carros, isso me tirou a chance de lutar pelas colocações da frente. Se não tivesse sido isso, eu estaria brigando por uma ótima colocação”, concluiu o brasileiro, sexto do campeonato.

Depois da vitória do inglês Jenson Button (McLaren), no GP da Hungria, a Fórmula 1 entra em período de quase um mês de férias. A próxima etapa será em 28 de agosto, na Bélgica.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *