F1: Massa diz que não será nº 2 na Ferrari

O brasileiro Felipe Massa, novo reforço da Ferrari, disse que não há nada em seu contrato que o obrigue a facilitar para o alemão Michael Schumacher. O piloto participou nesta quarta-feira da abertura do tradicional evento de início de temporada da equipe italiana, em Madonna di Campiglio.

O ex-companheiro do heptacampeão, Rubens Barrichello, foi obrigado a facilitar uma ultrapassagem para o alemão nos metros finais do GP da Áustria de 2002.

“No meu contrato não está escrito que serei o número dois da equipe”, disse Massa, que correu nas últimas temporadas pela Sauber.

O piloto brasileiro, 24 anos, não poupou elogios a Schumacher. “Sempre foi um modelo a seguir”, completou.

Massa afirmou que será uma “enorme satisfação” poder correr pela equipe mais tradicional da F-1 nesta temporada.

O piloto brasileiro estará presente no lançamento do novo carro da Ferrari, no dia 23, em Muggello.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *