F1: Massa ignorou duas ordens da Ferrari, diz revista

Felipe Massa custou a abrir passagem para o espanhol Fernando Alonso durante o GP de Hockenheim, na Alemanha, revelou a revista alemã Auto Motor und Sport. De acordo com reportagem, a Ferrari interpelou o brasileiro por três vezes pedindo para dar espaço para seu companheiro de equipe, mas foi ignorada nas duas primeiras. A polêmica continua em alta na Fórmula 1.

Segundo a publicação, Fernando Alonso vinha reclamando do ritmo de Massa na pista – o brasileiro liderava e o espanhol fazia a aproximação. Chegou a citar a situação “ridícula”, como divulgado pela TV oficial da Fórmula 1. A Ferrari respondeu que não poderia fazer nada quanto ao assunto. O bicampeão mundial, então, ‘tirou o pé’, deixando abrir 4 segundos.

Ao ser interpelado por seu engenheiro, Andrea Stella, preocupado com a distância, Alonso minimizou: “Sem problemas, vou me aproximar”. Em cinco voltas, o espanhol voltou a aparecer próximo de Massa. Então, o chefe da escuderia, Stefano Domenicalli, tomou a decisão de enviar ordem para o brasileiro dar passagem, deixando a vitória tranquila para o companheiro.

Foi só na terceira tentativa que Felipe resolveu ceder, de acordo com a revista. “Fernando está mais rápido que você. Pode confirmar que entendeu esta mensagem?”, disse o engenheiro, pelo rádio. Após a passagem de Alonso, outra mensagem foi enviada: “Boa decisão. Temos de ficar assim agora. Desculpe”. Por conta disso, a Ferrari foi multada em US$ 100 mil (R$ 176,3 mil) pela FIA.

Pelo regulamento, a entidade que comanda a Fórmula 1 proíbe o jogo de equipe. O caso foi encaminhado ao Conselho Mundial, que fará julgamento e divulgará seu parecer em 10 de setembro, em Como, na Itália. Ainda segundo a publicação, Alonso é tão influente na Ferrari quanto o heptacampeão mundial Michael Schumacher costumava ser, com Massa perdendo grande espaço.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *