F1: Massa se surpreende com o ritmo da McLaren

Felipe Massa, da Ferrari, disse que sua equipe ficou impressionada com o ritmo dos McLarens de Fernando Alonso e Lewis Hamilton, que fizeram dobradinha no pódio do Grande Prêmio da Malásia, neste domingo.

Massa largou na pole position, mas quando saiu da primeira curva já tinha caído para terceiro lugar depois de ser ultrapassado pelo campeão Alonso e o novato Hamilton.

O brasileiro tentou atacar Hamilton e quase conseguiu superá-lo na terceira volta, mas acabou saindo da pista na quinta volta. Massa acabou chegando na quinta colocação.

“Sim, estou surpreso com o ritmo das McLarens”, disse Massa aos repórteres.

“Não fiquei surpreso com o fato de estarem na frente porque eles têm uma equipe fantástica com dois grandes pilotos, mas me surpreendeu a velocidade deles.”

“Isso significa que nós temos que trabalhar mais duro para tentar ficar na frente deles”, declarou o brasileiro.

Massa ficou particularmente impressionado com Hamilton, de apenas 22 anos, que conseguiu seu segundo pódio em duas corridas depois do terceiro lugar no GP da Austrália, em Melbourne, no mês passado, a abertura da temporada.

Os dois pilotos tiveram um confronto de tirar o fôlego logo no início da prova, com Massa ultrapassando Hamilton na terceira volta e o britânico retomando a posição segundos depois.

“Não é fácil ultrapassar nesse circuito, mas eu sabia que tinha que tentar. Essa é a vida”, afirmou Massa. “Não tive aderência suficiente e esse foi o motivo pelo qual saí da pista, e antes disso ele conseguiu devolver a ultrapassagem.”

“Mas o principal foi que eu terminei na zona de pontuação. E agora precisamos melhorar na próxima corrida.”

Hamilton disse depois da corrida que induziu Massa a retardar a freada e viu o brasileiro saindo para a grama.

“Felipe fez algumas manobras, mas felizmente eu consegui induzi-lo ao erro fazendo com que ele freasse depois”, disse Hamilton. “Eu me desculpo por isso, mas no final das contas nós conseguimos os pontos e isso realmente não importa.”

Massa, considerado por alguns o provável campeão deste ano depois da aposentadoria de Michael Schumacher, seu companheiro na Ferrari no ano passado, ainda não conseguiu nenhum pódio neste início de temporada, já que terminou em sexto em Melbourne.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *