F1: Mesmo em crise, equipes acertam novos patrocínios

Mesmo diante de um cenário de crise econômica mundial, Ferrari e McLaren conseguiram na última quarta-feira fechar novos contratos de patrocínio para a próxima temporada da Fórmula 1.

O novo patrocinador da escuderia italiana será a Tata Motors, a maior fabricante de carros da Índia. A empresa é reconhecida por produzir o carro mais barato do mundo – o Nano, que custa US$ 2.028 (cerca de R$ 4.800).

Já a McLaren firmou contrato com a fabricante de computadores Lenovo, patrocinadora da Williams até este ano.

No meio de 2008, a empresa chinesa chegou a instalar um supercomputador no túnel de vento da Williams, mas decidiu trocar de escuderia.

Além de estampar sua marca nos carros da McLaren a partir do início de 2009, a Lenovo também fornecerá sua tecnologia em computadores para o desenvolvimento dos carros da equipe.

A duração e os valores dos contratos dos novos patrocínios não foram divulgados pelas escuderias.

Os acordos de Ferrari e McLaren chegam em meio a um momento conturbado para a Fórmula 1. No início deste mês, a Honda anunciou sua saída da categoria devido à crise econômica.

Na última semana, a FIA, órgão máximo do automobilismo, e a Fota, a associação de equipes da Fórmula 1, anunciaram que vão reduzir fortemente os gastos na categoria para as próximas temporadas.

Fonte: Folha Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *