F1: Mesmo se ficar sem título, Dennis comemora temporada da McLaren

Independentemente do que acontecer no Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 neste domingo, Ron Dennis ficará contente. Pelo menos foi o que o chefão da McLaren garantiu nesta terça-feira, assegurando que mesmo se Lewis Hamilton não conquistar o Mundial de Pilotos o balanço da temporada 2008 foi mais do que positivo para a escuderia prateada.

“O título significaria muito para todos os que trabalham na McLaren”, iniciou Dennis, em entrevista ao jornal The Daily Mail. “Mas, mesmo se ficarmos com o segundo lugar, sei que todos fizemos um trabalho fantástico nos últimos 12 meses e demos o nosso máximo pela equipe. Por isso, não vou imaginar a minha reação se vencermos; não há razão para isso”, complementou.


Ron Dennis destacou a superação da equipe inglesa, que viveu um final de 2007 mais do que tumultuado: além da rixa interna entre os pilotos Hamilton e Fernando Alonso, que de tanto disputarem entre si acabaram perdendo o título do Mundial para o finlandês ferrarista Kimi Raikkonen, a McLaren foi considerada culpada pelo escândalo de espionagem e precisou sair do zero nos projetos para o carro de 2008.


“Cada empregado da McLaren aceitou trabalhar em nome da nova evolução. Tínhamos uma bagagem de energia negativa conosco e isso era improdutivo. Mas demos a volta por cima e mostramos que somos uma ótima equipe de Fórmula 1. Todos aqui estão orgulhosos: se você cortar qualquer um de nossos empregados, ele sangrará McLaren”, metaforizou.


Conselhos: Dennis também admitiu que vem dando um apoio especial a Hamilton nas vésperas do GP que definirá a temporada 2008. Com o inglês perto de conquistar seu primeiro título na Fórmula 1, o dirigente vem tentando manter o piloto em um ‘exílio’ de informações.


“Com todo o respeito aos jornalistas, que fazem muito bem um trabalho difícil, estamos falando diariamente ao Lewis para não ler os jornais e nem navegar na internet. Não podemos proibi-lo de fazer isso, mas avisamos que ler notícias pode desconcentrá-lo”, concluiu.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *