F1: Michael Schumacher vence com tranquilidade na França

O alemão Michael Schumacher, da Ferrari, venceu, com muita tranquilidade,o GP da França, neste domingo (16/07). O espanhol Fernando Alonso, da Renault, e que lidera o campeonato, foi o 2º com o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, fechando o pódio.


 


A corrida, como de costume na F-1 atual, foi decidida pela estratégia. Na largada as Ferraris, que dividiram a primeira fila, se mantiveram na ponta, com Alonso tentando passar Massa nas primeiras curvas, sem sucesso. As atenções então se voltaram para o numero de pit stops que cada piloto faria.


 


Massa foi o primeiro a parar, na 16º volta, na seguinte parou Alonso e depois Michael Schumacher. As posições não se alteraram. O brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, que vinha tendo um péssimo final de semana, teve o motor Honda estourado na 18º volta.


 


Com Schumacher tranqüilo na frente, Alonso passou a guiar forte, para tentar ganhar posições na sua 2º e ultima parada. As Ferraris parariam mais duas vezes.  


 


As Ferraris pararam pela 2º vez na 36º volta, com Massa e 38º volta, com Schumacher. Alonso fez sua derradeira parada na 42º volta, e quando Massa parou novamente na 53º volta, o espanhol assumiu o 2º lugar. Schumacher parou novamente na 55º volta.


 


Ralf Schumacher, da Toyota, mesmo perdendo cerca de 7 segundos numa parada, foi o 4º. Kimi Raikkonen, da McLaren, o 5º com Giancarlo Fisichella, da Renault, em 6º. Pedro de la Rosa, substituto de Juan Pablo Montoya, na McLaren, foi o 7º com Nick Heidfeld, com a BMW Sauber, fechando a zona de pontos.


 


Com a vitória de Schumacher, a diferença caiu mais dois pontos entre ele e Alonso. O espanhol tem 96 pontos e o ferrarista 79. Faltam sete corridas para o termino da temporada.


 


A próxima etapa acontece no dia 30 de julho, em Hockenheim na Alemanha.


 


Final:


1) Michael Schumacher (ALE/Ferrari/B), 70 voltas
2) Fernando Alonso (ESP/Renault/M), a 10s1
3) Felipe Massa (BRA/Ferrari/B), a 22s5
4) Ralf Schumacher (ALE/Toyota/B), a 27s2
5) Kimi Raikkonen (FIN/McLaren-Mercedes/M), a 33s0
6) Giancarlo Fisichella (ITA/Renault/M), a 45s2
7) Pedro de la Rosa (ESP/McLaren-Mercedes/M), a 49s4 secs
8) Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber/M), a 1 volta
9) David Coulthard (ESC/Red Bull-Ferrari/M), a 1 volta
10) Scott Speed (EUA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
11) Jacques Villeneuve (CAN/BMW Sauber/M), a 1 volta
12) Christian Klien (AUT/Red Bull-Ferrari/M), a 1 volta
13) Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
14) Nico Rosberg (ALE/Williams-Cosworth/B), a 2 voltas
15) Christijan Albers (HOL/MF1-Toyota/B), a 2 voltas
16) Franck Montagny (FRA/Super Aguri-Honda/B), a 3 voltas


Abandonos:


Jenson Button (ING/Honda/M), 61/abandono +9 Lap
Mark Webber (AUS/Williams-Cosworth/B), 53/mecânico
Jarno Trulli (ITA/Toyota/B), 39/mecânico
Rubens Barrichello (BRA/Honda/B), 18/motor
Tiago Monteiro (POR/MF1-Toyota/B), 11/acidente
Takuma Sato (JAP/Super Aguri-Honda/B), 0/mecânico 


Campeonato:


1) Fernando Alonso (Renault) 96 pontos
2) Michael Schumacher (Ferrari) 79
3) Giancarlo Fisichella (Renault) 46
4) Kimi Raikkonen (McLaren) 43
5) Felipe Massa (Ferrari) 42
6) Juan Pablo Montoya (McLaren) 26
7) Jenson Button (Honda) 16
8) Rubens Barrichello (Honda) 16
9) Ralf Schumacher (Toyota) 13
10) Nick Heidfeld (BMW Sauber) 13


Construtores:


1) Renault 142 pontos
2) Ferrari 121
3) McLaren 71
4) Honda 32
5) Toyota 21
6) BMW Sauber 20
7) Red Bull 11
8) Williams 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *