F1: Montezemolo quer ano ‘sem James Bond’

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, afirmou em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport que a temporada 2008 da Fórmula 1 será menos excitante que a última, principalmente sem o escândalo de espionagem, que ele caracterizou pela figura do personagem James Bond.

“Nós buscamos o topo. Em 2007, vencemos porque a Ferrari era um time, enquanto as outras equipe não eram. Eu espero um campeonato chato, mas principalmente sem os magistrados e sem James Bond”, ironizou Montezemolo.


Na última temporada, a estréia do britânico Lewis Hamilton – e o atrito com o bicampeão Fernando Alonso -, além da polêmica espionagem da McLaren sobre a Ferrari e o título decidido no Grande Prêmio do Brasil, deram à disputa uma rivalidade que não se via há certo tempo.


Para o GP da Austrália, que abre o ano de 2008 no próximo dia 16, o presidente da Ferrari guarda bastante expectativa, já que as escuderias mostrarão o potencial para brigar pelo título.


“Há certa apreensão para o primeiro GP da nova temporada: nosso carro deu um grande passo à frente, mas temos que comparar com as outras equipes. Espero conquistar (o título), mas não na última corrida, no último quilômetro”, afirmou ao jornal La Stampa.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *