F1: Mulher vetou ida para Indy, diz Barrichello

Rubens Barrichello descartou transferir-se para a Fórmula Indy quando acabar sua carreira na Fórmula 1. O piloto chegou até a cogitar seguir o rumo do automobilismo norte-americano, mas sua mulher, Silvana, vetou a mudança.

“Honestamente, me perguntaram se eu queria correr na Indy. Fui convidado para as 500 milhas de Indianápolis, que é uma grande corrida, mas quando contei para minha mulher, ela disse: ‘eu não quero que você faça isso’. E foi isso que eu disse lá, que minha mulher tinha dito não, e que eu respeito a opinião dela”, afirmou ao site da revista Autosport.


O brasileiro, piloto da Honda na F-1, descartou até mesmo realizar um simples teste com o carro da categoria. “Michael Andretti (chefe de equipe na Indy), disse que seria legal, se um dia eu quiser testar o carro. Além disso, Tony Kanaan é meu amigo e corre neste time, por isso, obviamente, há uma conexão. Mas não, eu respeito minha mulher”, finalizou.


No último domingo, Rubens Barrichello igualou o recorde de 256 GPs disputados na F-1, que pertencia a Riccardo Patrese. O piloto porém não vem tendo muitos motivos para comemorar dentro da pista. Seus último pontos na categoria foram conquistados no GP do Brasil de 2006.


Fonte:  Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *