F1: Na nona fila, Barrichello brinca com possibilidade de vitória

“A última vez em que larguei em 18º lugar em Hockenheim eu venci. Então, nunca se sabe o que pode acontecer amanhã (domingo)”. Foi desta forma que um bem-humorado Rubens Barrichello falou sobre o resultado obtido no treino classificatório para o GP da Alemanha.

Terceiro colocado na Inglaterra, ele se refere à sua primeira vitória na Fórmula 1, em 2000, quando saiu do fundo do grid para alcançar o ponto mais alto do pódio.


Na ocasião, a vitória do então ferrarista Barrichello foi coroada por uma boa performance com pneus para pista seca nas últimas voltas, marcadas pela chuva. No pódio, o brasileiro não segurou a emoção e chorou.


Entretanto, o brasileiro sabe que é praticamente a impossível a cena se repetir no mesmo local neste domingo.


“Realisticamente falando, o carro não estava veloz o suficiente para se manter no competitivo meio do grid hoje. Perdemos alguns décimos no primeiro setor, mas foi na segunda parte do circuito que nos custou muito tempo”, explicou o veterano piloto.


E a perspectiva não é nada animadora. “Estamos tão perto do limite da performance do carro, que se algo não dá certo, você perde um monte de posições. Foi o que aconteceu hoje. Não sei se vai chover amanhã, mas acho que é isso o que precisamos para uma boa prova”, destacou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *