F1: Para encarar Red Bull, Brawn admite necessidade de evolução

O domínio imposto pela Red Bull no Grande Prêmio da Inglaterra e nos treinos da Turquia já era de certa forma previsto por Ross Brawn e Nick Fry. Embora não tenha ficado preocupada após os resultados, a equipe deixa de trabalhar no desenvolvimento de seu carro, revelando que há evoluções preparadas para a etapa da Alemanha, em 12 de julho.

Após observar o brilho da Red Bull especialmente em Silverstone, os dirigentes da Brawn GP haviam atrelado sua falta de rendimento às características da pista, recheada de curvas de alta velocidade, e à temperatura amena, que lhes causou problemas com os pneus. Mais de uma semana depois, o discurso do ex-diretor técnico da Ferrari mudou um pouco, e ele agora reconhece a necessidade de evolução para atingir o nível dos austríacos.

“A Red Bull esteve muito perto durante todo o ano. Acho que precisamos encontrar alguma performance porque eles realizaram um bom passo na Inglaterra”, afirmou Brawn. Assim, ele admite que a derrota recente alterou o planejamento dos britânicos, os quais melhorarão seu carro para correr na Alemanha. “Com os problemas com os pneus, não utilizamos as novas peças em Silverstone, então decididos adiar a estreia e temos evoluções para Nurburgring”.

Apesar de ratificar o domínio do time austríaco, o homem-forte de Brackley voltou a falar que as terceira e sexta colocações garantidas na Grã-Bretanha foram frutos do acaso. “Com todo o respeito, fomos desafiados por Williams e Ferrari, e normalmente isso não acontece. Precisamos ver como tudo sai sob condições normais para fazer um julgamento”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *