F1: Para pilotos, mudanças na F-1 causarão mais acidentes

Após as inovações na Fórmula 1 projetadas para este ano, como carros e câmbios novos, os pilotos da principal categoria do automobilismo se mostraram temerosos em relação ao aumento de acidentes que estas inovações podem trazer.

Para Nick Heidfeld, piloto da BMW, a incidência de toques entre os carros aumentará com a nova asa dianteira que as equipes tiveram de adaptar aos monopostos.

A razão para isso é que o novo pára-choque dos carros fica maisperto do chão, e é 40 centímetros maior do que o usado na versão anterior dos carros.

“Se tudo continuar assim, a temporada de 2009 será muito perigosa. Na minha primeira volta, pensei em retornar aos boxes porque os outros pilotos estavam me ultrapassando. Comparado com os demais, parece que você está parado e, além disso, é muito fácil haver uma colisão. É muito, muito perigoso”, afirmou Heidfeld.

O polonês Robert Kubica, companheiro de equipe de Heidfeld, aprovou a nova peça durante os treinos realizados em Jerez de La Frontera. Entretanto, compartilhou da idéia de Heidfeld de que o número de acidentes será potencializado com as mudanças nos carros.

“A asa dianteira parece mais bonita de fora, porém é muito larga. Tenho curiosidade de ver quantos destes sairão voando na primeira volta do Grande Prêmio da Austrália (disputado em março). Creio que vão sair voando para todos os lados”, comentou.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *