F1: Pilotos da Toro Rosso passam voo em silêncio

Uma briga interna promove uma divisão dentro da equipe. O clima é pesado e tenso na Toro Rosso

O voo de Frankfurt para Kuala Lumpur, que estavam os pilotos Sebastien Buemi e Jaime Alguersuari da Toro Rosso, foi tenso. A briga que se instalou dentro da equipe após a corrida da Austrália, quando seus dois pilotos se acusaram mutuamente como causadores do acidente contra Nick Heidfeld, foi o estopim para o clima pesado.

O correspondente do jornal britânico”Blick”, que estava na mesma aeronave que a dupla, confidenciou que o clima entre eles é, de fato, tenso. Segundo ele, os pilotos passaram mais de ’12 horas em silêncio’.

– Nós conversamos após seu erro em Melbourne. Tivemos uma diferença de opinião. Espero que ele faça a coisa certa agora e me respeite. Não quero dizer mais nada sobre isso – disse Sebastien Buemi.

A briga foi oriunda depois que Nick Heidfeld disse que uma Toro Rosso o acertou no início da corrida da Austrália. Buemi disse que não foi ele e Alguersuari não só negou, como ainda acusou seu companheiro de equipe por ter causado tal incidente.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *